Textos Para Discussão n. 16 – A “Intervenção” Militar e a Mordida do Vampiro Banguela

n.º 16, 17/02/2018*
 “TEXTOS PARA DISCUSSÃO” (TPD) é uma publicação da Seção Sindical dos Docentes da UNIVASF**

A “Intervenção” Militar e a Mordida do Vampiro Banguela

 

Luiz Severino Silva Junior***

 

Antes de voltarmos a ver o desfile das ESCOLAS DE SAMBA vencedoras do carnaval 2018, onde poderíamos rir do VAMPIRO CORRUPTO e criticar os dramas sociais através da salutar festa, o golpismo nos atinge mais uma vez.

 

Agora, através do ATO PRESIDENCIAL se constrange o direito à crítica e apresenta-se uma demonstração de FORÇA, que objetiva esconder não só a inoperância de um presidente JOÃO SEM BRAÇOS, mas, procura dar suporte a outros interesses obtusos. Através de um discurso de “segurança”, que agrada parte da população.

Mais uma vez temos uma ação em ATO presidencial que constrange a nação. Agora, cria-se uma INTERVENÇÃO MILITAR justificada por um discurso sem qualquer LEGITIMIDADE DE PODER e respaldada pelo bombardeio de IMAGENS DA MÍDIA GOLPISTA.

Onde está a violência e a sua estatística no país?

Parece que, do nada, a violência se instalou apenas no Rio de Janeiro.

Bem conveniente, não?

Como pode esse governo golpista capitaneado por um JOÃO SEM BRAÇOS que em 2015 fez corpo mole quando era ARTICULADOR POLÍTICO e por interesses pessoais levou o país à atual crise institucional?

Como acreditar em um VICE-PRESIDENTE que criou o CRIME DE PEDALADAS FISCAIS para depois legalizar as pedaladas quando lhe são convenientes?

Como acreditar em um presidente golpista que convenientemente fracassou em mais de uma dezena de tentativas de ajuda ao ESTADO DO RIO DE JANEIRO através das G. L. O.  (Garantia da Lei e da Ordem)?

Como esse novo ATO PRESIDENCIAL pode ser conveniente ao TEMER VAMPIRO?

Será que é apenas para bloquear a sua imagem impopular de 2% de aprovação?

Não mesmo! Esse VAMPIRO DA PRESIDÊNCIA, que não quer ser lembrado como corrupto, não está preocupado com sua imagem!

O que vemos agora não é a busca da obtenção de um ato ACERTADO que lhe dê alguma respeitabilidade, apesar da midia golpista ter feito seu trabalho no dia de hoje.
O que motivou a INTERVENÇÃO MILITAR do Estado do Rio de Janeiro nesse 16/02/2018 não foram as estatísticas de violência que imperam no Rio de Janeiro ou nas demais capitais do país!

Esse ato, que ao ser apresentado, teve de ser reforçado com a velha falácia-suporte: “UM ATO DEMOCRÁTICO QUE BUSCA O FORTALECIMENTO DA ORDEM!”…
Será que é assim que se faz uma democracia? Não mesmo!

Esse “Ato” do VAMPIRO DA PRESIDÊNCIA busca apenas paralisar o Congresso Nacional. Dar um puxão de orelhas. Devemos lembrar que um ato como esse só poderia ter legalidade constitucional se fosse confirmado em 24 horas. Onde está o STF para cumprir o rito? Mas, não é o caso.

michel_temer_vampiro_neoliberalista - Moreira Blog Esmael
 

Fonte: https://www.esmaelmorais.com.br/2018/02/michel-temer-o-vampiro-neoliberal/

 

Pois esse ato tem o objetivo de pegar uma Brasília vazia, sem deputados ou senadores. Que se fragilizam ao receber as notícias pela mídia. Que apaga o prefeito ausente.

Esse ato tem haver com a busca de uma IMAGEM DE FORÇA para atingir o CONGRESSO NACIONAL! Logo agora, na prévia da criação do novo MINISTÉRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA. Que vai garantir a liberdade do GRANDE ACORDO cantado pelo Senador Jucá. Logo agora, na prévia da REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

Mas o ATO não permite alterações constitucionais em sua vigência? Mas já está dito que assim que for necessário, uma nova G. L. O. será editada.

Conveniente, não?

Portanto, boa sorte GENERAL WALTER BRAGA.

Lembre-se de não deixar o seu sucesso ofuscar o VAMPIRO DA PRESIDÊNCIA. E não deixe suas tropas cometerem erros que possam atingir a população da Guanabara. Espero que realmente hajam resultados.

Quanto a nós, vamos retomar a crítica carnavalesca, pois ela vem do povo. Algo que o TEMER VAMPIRO não conhece ou respeita.

*** Professor do Colegiado de Artes Visuais/UNIVASF

SDVSF Textos p Discussão logo

* Este é um espaço para publicação em fluxo contínuo de textos de docentes, técnicos e representantes estudantis da Univasf e outras instituições de ensino superior, bem como ativistas, intelectuais e colegas sobre a defesa da educação e da universidade brasileira pública, gratuita, laica, democrática e de qualidade, bem como a construção de uma sociedade justa, solidária, plural e livre. Também podem ser publicados documentos oficiais ou públicos de interesse do movimento sindical e da comunidade acadêmica. A ideia é receber textos em vários estilos e formatos: ensaio, jornalístico, acadêmico, poético, desde que dentro do recorte editorial acima. Os textos serão publicados na rede mundial de computadores, podendo também ser impressos e distribuídos dentro e fora do espaço universitário.
** As posições apresentadas nos artigos são de responsabilidade dos autores e não representam necessariamente a opinião da Diretoria Executiva da SindUnivasf.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: