InformANDES Online n. 499


SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

INFORMANDES ONLINE de N° 499
Brasília-DF, 8 de Dezembro de 2017

Nacional

Nota do ANDES-SN sobre os ataques às universidades públicas

A diretoria do ANDES-SN vem a público repudiar a operação da Polícia Federal de 6 de dezembro de 2017, que conduziu coercitivamente o reitor, a vice-reitora da UFMG, bem como o ex-reitor e o ex-vice-reitor. A operação denominada “Esperança Equilibrista” já demonstra no próprio nome o escárnio para com todos e todas que lutaram pelo fim da ditadura militar no Brasil e por aquele(a)s que defendem a democracia neste país.

Leia mais

Em todo o país, docentes participaram de dia nacional de luta e paralisação

Em todo o país, nessa terça-feira (5), docentes de universidades federais, estaduais, de institutos federais e Cefets foram às ruas, junto com outras categorias, protestar contra a Reforma da Previdência e contra os demais ataques aos seus direitos. Apesar da decisão de CUT, Força Sindical, CTB, UGT, Nova Central e CSB de recuarem no chamamento à Greve Nacional marcada para o dia 5 de dezembro, diversas categorias mantiveram as manifestações. A CSP-Conlutas e o ANDES-SN repudiaram o cancelamento da greve, unificada com as demais centrais, e reforçaram o chamado às suas bases para a mobilização.

Leia mais

Docentes e técnicos lançam Frente em Defesa das IES no Mato Grosso do Sul

Docentes e técnico-administrativos das instituições de ensino superior (IES) públicas do Mato Grosso do Sul lançaram na última sexta-feira (1°), a Frente em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas, no Plenarinho da Câmara Municipal de Campo Grande (MS). A Frente, proposta pelo ANDES-SN, se faz necessária diante da situação de abandono e desmonte das IES públicas em todo o país. Em outubro, o Sindicato Nacional, em conjunto com demais entidades do setor da Educação, realizaram o lançamento da Frente Nacional no Rio de Janeiro.

Leia mais

Seções Sindicais

Assembleia Legislativa do RN é ocupada por docentes da Uern e servidores da Saúde

Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e servidores da saúde ocuparam, na tarde dessa segunda-feira (4), a antessala da presidência da Assembleia Legislativa do RN (Alern). A ocupação se deu no momento em que era realizada uma audiência pública na assembleia. Os docentes da Uern estão em greve desde o dia 10 de novembro e cobram, entre outras pautas, o pagamento dos salários atrasados.

Leia mais

Docentes da Unila sofrem ameaças para cercear eventos acadêmicos

Docentes da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) foram ameaçadas na últimas semana, por organizarem, na universidade, a atividade “Corpo, Arte e Política”. Na divulgação do evento nas redes sociais, as pesquisadoras usaram fotografias da performance de Ana Mendieta, artista que denunciava as opressões contra as mulheres e que acabou sendo vítima fatal da violência doméstica.

Leia mais

Outras Lutas

Frente Parlamentar divulga vídeo contra a Reforma da Previdência

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social divulgou recentemente o vídeo “A Previdência Social que queremos”, que traz os resultados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, a qual comprovou a inexistência de déficit no sistema previdenciário brasileiro. O vídeo foi enviado pelo ANDES-SN às seções sindicais por meio da Circular 420/2017.

Leia mais

Polícia Federal comanda violência no despejo de indígenas em Dourados (MS)

Usando de violência, um oficial da Justiça Federal, acompanhado de policiais federais e da Força Tática da Polícia Militar, cumpriu à força, na manhã de terça-feira (5), uma ordem de despejo contra ao menos dez famílias de indígenas Guarani Kaiowá, em Dourados (MS), incluindo idosos e crianças. Policiais da Força Tática da PM, fortemente armados, dispararam balas de borracha e bombas contra os índios da aldeia Pindo Roky, integrantes das reservas de Guapo’y e Jagua Piru, que ocupavam a área desde o ano passado.

Leia mais

Tribunal argentino condena 48 ex-militares por crimes contra a humanidade

Em julgamento histórico, o Quinto Tribunal Federal de Buenos Aires condenou 48 ex-militares por mais de 780 crimes contra a humanidade, durante a ditadura argentina de Jorge Videla. Os militares foram acusados de envolvimento nos crimes de tortura, assassinatos e desaparecimentos cometidos na Escola Mecânica da Marinha (Esma) durante os anos de ditadura militar no país (1976-1983).

Leia mais

Outras Lutas

Dezembro

 

8 a 10 – Reunião da Coordenação Nacional da CSP-Conlutas. Local: Hotel Dan Inn Planalto. Avenida Casper Líbero, 115 – Centro – São Paulo (SP).

9 – Reunião conjunta do GTHMD com a Comissão da Verdade do ANDES-SN. Local: Sede do ANDES-SN. Brasília (DF).

 

Janeiro

 

22 a 27 – 37º Congresso do ANDES-SN, com tema central “Em defesa da educação pública e dos direitos da classe trabalhadora. 100 anos da reforma universitária de Córdoba”. Local: Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Salvador (BA).

Para receber este informativo escreva para suporte@andes.org.br

www.andes.org.br

 

Diretoria Executiva da SINDUNIVASF.

Já é filiad@? Quer acompanhar as ações da SindUnivasf? Acesse nosso blog.

Docente da UNIVASF e quer se filiar? Clique aqui.

 

andes-sn-logo_002

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: