Artigo: Temer reduz salário dos servidores em 2018 (da ADUFS, SE)

Após gastar mais de 32 bilhões de reais para barrar a segunda denúncia, Temer publicou medida provisória que reduz salário dos servidores federais em 2018.

 

Artigo por Prof. Elyson Carvalho – UFS

 

Na terça-feira, 31 de outubro, o governo Temer publicou duas medidas provisórias com o intuito de diminuir o rombo das contas do governo em 2018. Uma das medidas altera a forma de tributação dos fundos de investimento fechados, enquanto que a outra impacta diretamente no salário dos servidores do executivo federal, aumentando a contribuição previdenciária dos servidores que ganham mais de 5.300 reais, passando de 11% PARA 14%, e adiando o reajuste previsto para 2018.

Mesmo tendo gasto mais de 32 bilhões de reais dos cofres públicos para barrar a segunda denúncia contra Temer na câmera dos deputados¹, o governo julga que o servidor deve pagar pelos maus gastos da gestão, tendo seu salário reduzido. Com as duas MPs, o governo calcula que deve diminuir o rombo do ano que vem em 14,5 bilhões de reais².

Para ajudar a entender o impacto no salário do servidor, pegaremos como exemplo um perfil comum nas universidades: Professor Universitário com doutorado, no nível Adjunto I da carreira de Magistério Superior, com cônjuge e 1 filho em idade pré-escolar. Usaremos como base o SALÁRIO LÍQUIDO do servidor, para que não reste dúvidas, uma vez que se trata da quantia que realmente é depositada em conta. Com a MP de Temer, esse professor terá seu salário líquido reduzido em R$ 246,29 com relação ao que ganha hoje e, ao levar em conta o reajuste de agosto de 2018, o mesmo professor terá salário líquido descontado R$ 399,99 todos os meses. Assim, ao final do ano de 2018 terá sido descontado de seu salário líquido a quantia de R$ 3.723,98.

Cabe ressaltar que não se trata de deixar de ganhar. Com a MP o salário do servidor depositado em conta é de fato reduzido.

Caso este exemplo não seja o seu caso, confira nas tabelas abaixo suas perdas com as MPs do governo. Em todos os casos foi considerada a carreira MS e o professor com cônjuge e 1 filho em idade pré-escolar.

(Link para texto completo e tabelas)

 

logo ADUFS-SE

Fonte: ADUFS-SE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: