Homenagem ao líder quilombola José Raimundo Mota de Souza Jr.

Faremos uso das palavras do poema-canção de Gilberto Gil e Waly Salomão, “Quilombo, Eldorado Negro”, para homenagear José Raimundo, assassinado em 13/7/2017 em Antonio Gonçalves (BA), em um contexto de recrudescimento da violência no campo – e no Congresso via retirada de direitos – no Nordeste e no Brasil. Toda solidariedade para os familiares, companheiros e aqueles e aquelas que resistem nas comunidades quilombolas de nosso país.

José Raimundo, PRESENTE!

QUILOMBO, ELDORADO NEGRO

Existiu
Um eldorado negro no Brasil
Existiu
Como o clarão que o sol da liberdade produziu
Refletiu
A luz da divindade, o fogo santo de Olorum
Reviveu
A utopia um por todos e todos por um

Quilombo
Que todos fizeram com todos os santos zelando
Quilombo
Que todos regaram com todas as águas do pranto
Quilombo
Que todos tiveram de tombar amando e lutando
Quilombo
Que todos nós ainda hoje desejamos tanto

Existiu
Um eldorado negro no Brasil
Existiu
Viveu, lutou, tombou, morreu, de novo ressurgiu
Ressurgiu
Pavão de tantas cores, carnaval do sonho meu
Renasceu
Quilombo, agora, sim, você e eu

Quilombo
Quilombo
Quilombo
Quilombo

 

Você pode ouvir esta música-canção, clicando aqui ou na imagem da capa do CD.

CAPA DISCO QUILOMBO 1984

José Raimundo, PRESENTE!

 

 

Um comentário em “Homenagem ao líder quilombola José Raimundo Mota de Souza Jr.

Adicione o seu

  1. Emocionante ! Mas mais do isso! Importante para nós fortalecer e continuar aquilo que fora aparentemente interrompido . Lutar! Lutar! Liberdade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: