Em nota, Conselho Universitário da Univasf manifesta repúdio pelo assassinato de agricultor quilombola

A DIRETORIA DA SINDUNIVASF RATIFICA A NOTA DO CONUNI E CONCLAMA A SOCIEDADE A DAR UM BASTA À VIOLÊNCIA CONTRA OS MOVIMENTOS SOCIAIS DO CAMPO EM ANTONIO GONÇALVES E NO BRASIL. 

 

NOTA DE REPÚDIO DO CONUNI – UNIVASF

 

<<Diante do crescente aumento da criminalização dos movimentos sociais do campo e dos atentados contra os direitos das comunidades tradicionais, o Conselho Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco vem a público emitir esta nota de repúdio ao assassinato brutal do agricultor quilombola José Raimundo Mota de Souza Júnior, ocorrido no último dia 13 de julho de 2017. Júnior pertencia à comunidade quilombola da Jiboia, localizada no munícipio de Antônio Gonçalves – BA e era uma liderança do Movimento Pequenos Agricultores (MPA) na Bahia. Exigimos que as autoridades procedam as devidas investigações para identificar e punir os culpados. Corroborando com as notas da Pastoral da Terra e do Movimento de Trabalhadores Rurais Assentados e Acampados da Bahia (CETA), solidarizamo-nos com os familiares, amigos e companheiros de luta por uma sociedade menos desigual.>>

Para acessar a publicação original da nota, clique aqui.

logo_univasf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: