Diretas JÁ! 1984 e 2017 (8/6, 17h Concha Petrolina)

SindUnivasf convoca sociedade para entender o significado histórico da campanha pelas Diretas Já em 1984 e em 2017

A Mostra de Documentários “Não me venha com indiretas” começará semana que vem no Centro de Petrolina, dia 8/6, e irá para os bairros
 
Do rio que tudo arrasta se diz que é violento.
Mas ninguém diz violentas
as margens que o comprimem.
Bertolt Brecht
logo-sindunivasf-2016-2-18
“Tem que mudar o governo para estancar essa sangria”
“a solução mais fácil era botar o Michel”
Senador Romero Jucá, maio de 2016 (Folha, Globo, Pragmatismo Político, etc).

Em sua criação, a SindUnivasf demarcou entre seus objetivos, além da representação dos sindicalizados, “defender a educação como bem público e uma política educacional que atenda às necessidades populares, assegurando o direito ao ensino público, gratuito, democrático, laico e de qualidade para todos”.

Assim, sendo, entendemos que o momento histórico que vivemos, onde de um lado havia e há uma grande ofensiva antipopular com propostas aligeiradas de “reformas” sem discussão, como a reforma trabalhista e a reforma da previdência; e por outro lado, as grandes corporações financeiras, midiáticas e blocos do sistema judiciário bloqueiam e adiam a expressão legítima da vontade popular com a realização de eleições diretas para os cargos de presidente e vice-presidente da República, justamente para garantir a dilapidação dos poucos direitos sociais que historicamente conquistamos, SÃO TEMPOS QUE EXIGEM DA COMUNIDADE UNIVASFIANA DE PROFESSORES, de todos os segmentos acadêmicos e de toda a sociedade, a compreensão de que é urgente nosso engajamento numa ampla campanha por Diretas Já para a presidência, por Constituinte Exclusiva no Congresso Nacional (a fim de promover uma reforma política democratizante e que contenha o assalto do poder econômico sobre o Estado e os recursos públicos) e contra a escalada autoritária que se torna mais e mais evidente contra o livre direito de manifestação. A necropolítica e o Estado de Direito de Exceção que historicamente atinge as populações negras e periféricas paulatinamente estende sua teia sobre a sociedade.

Esta campanha por um Estado de Direito valerá para todos.

A defesa da educação e a universidade públicas, gratuitas, democráticas e laicas, com qualidade, será para todos. Desde que intensifiquemos a formação de frentes democráticas amplas a partir das cidades onde estão nossos campi, e dentro dos nossos campi, a partir, por exemplo, dos Núcleos de Base Unificados, a reunir docentes, estudantes e professores na defesa de uma universidade e de um país republicanos, o triunfo pode pertencer àqueles que ousam e se atrevem a desafiar o obscurantismo, a opressão e o retrocesso que sofreram forte abalo com o colapso da fachada golpista.

O que é preciso exigir, porém, não é uma volta a um statu quo ante, uma volta ao Brasil pré-golpe parlamentar. Não. É preciso ir além, e avançar no estabelecimento do poder do povo nos planos econômico, político, ideológico e ético. Queremos mudança? Precisamos mudar. Somar com as greves gerais, somar com os movimentos sociais, somar com o pensamento e a ação crítica, somar e multiplicar organização e mobilização, deixando de agir por reflexo de redes sociais, e contribuindo com uma das coisas que a universidade faz melhor: reflexão.

Diretas Já!

Diretoria Executiva da SindUnivasf

ATUALIZADO: A primeira exibição será na quarta, 8/6, 17h, na Concha Acústica ao lado da Catedral de Petrolina. A programação completa com os horários e locais da Mostra “Não me venha com indiretas” será divulgada neste blog ainda esta semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: